quinta-feira, 22 de março de 2012

Mulher fica mais segura com ...

Os seios realmente mexem com a autoestima feminina. De acordo com uma pesquisa da Universidade de Manchester, na Inglaterra, sutiãs com efeito "push-up", que conferem mais volume, tornam as mulheres 75% mais confiantes. Os dados são do jornal Daily Mail.




Os cientistas, liderados pelo professor de psicologia Geoff Beattie, analisaram o comportamento de voluntárias entre 20 e 55 anos que não haviam lançado mão de cirurgias plásticas nas mamas. Para isso, utilizaram 60 gravações delas em três diferentes interações diárias, com o sutiã turbinado e com um de modelo comum.



Sorrir, um item que representa emoção positiva e segurança, aumentou 73% quando as mulheres estavam mais avantajadas. Evitar o olhar e quebrar contato visual, características normalmente associadas com baixos níveis de confiança, diminuíram 41%. E movimentos de mãos comuns de quem está desconfortável com a situação, como acariciar o queixo, caíram 64%.



"Minha esperança é que esta pesquisa possa desencorajar as mulheres de procurar por soluções mais drásticas para melhorar a confiança, como o aumento do seio, porque prova pela primeira vez que o que elas usam pode afetar positivamente o seu comportamento", disse Beattie. O estudo foi encomendado pela marca Gossard para o lançamento do sutiã Super Egoboost.



texto e foto do site: http://mulher.terra.com.br/noticias/0,,OI5677040-EI16610,00-Sutias+que+dao+volume+aos+seios+tornam+as+mulheres+mais+confiantes.html

Israel proíbe modelos muito magras em anúncios publicitários

Medida prevê também que se informe quando a fotografia da modelo foi alterada por programas de edição

No intuito de erradicar a anorexia e outros distúrbios alimentares entre mulheres e crianças, Israel aprovou uma nova legislação que proíbe a participação de modelos "muito magras" em anúncios publicitários.
Modelo participa da Semana de Moda de Tóquio. Profissionais magras demais não poderão aparecer em anúncios em Israel

A medida prevê também que as publicações e os responsáveis pelos anúncios informem os leitores e consumidores que a fotografia da modelo foi alterada por meio de programas de edição para deixá-la mais magra.



A lei é o primeiro passo adotado por Israel para regular a indústria de moda do país que, segundo o governo, está provocando distúrbios alimentares em centenas de modelos por conta do culto à magreza extrema.



Os defensores da lei alegaram que esperam que a medida incentive o uso de modelos saudáveis nos anúncios e publicações do país. “Nós queremos quebrar a ilusão de que a modelo que nós vemos é real”, afirmou Liad Gil-Har, advogado assistente da idealizadora da lei, Dra. Rachel Adato, em referência ao uso exagerado de programas de edição nas fotos das modelos.



A “magreza” aceitável foi definida por meio do critério utilizado pela ONU (Organização das Nações Unidas) para definir má nutrição. Para isso, o organismo utiliza o IMC (Índice de Massa Corpórea) que leva em consideração a altura e o peso das pessoas.



Pela medida, modelos com IMC abaixo de 18,5 não poderão participar de campanhas no país. Isso significa que uma modelo de 1,72 metros, por exemplo, não poderá ter menos de 54 quilos. A lei não é aplicada para campanhas internacionais veiculadas em Israel.



Segundo a antropóloga Sigal Gooldin, cerca de 2% das meninas israelenses entre 14 e 18 têm algum tipo de distúrbio alimentar.



O projeto de lei foi criticado, porém, por se concentrar no peso das modelos e não na saúde delas. “Que forcem testes atualizados. Que façam as garotas irem ao médico. Que pensem em um sistema para seguir as garotas que são encontradas vomitando”, afirmou a modelo Ali Neumman, cujo IMC a impediria de trabalhar no país.



Com a aprovação, as modelos terão de apresentar um relatório médico de no mínimo três meses em cada sessão de fotos para provar que não possuem distúrbios alimentares.



“Se de um lado talvez iremos ferir algumas modelos, do outro lado iremos salvar muitas crianças”, alegou Adato, que também é ginecologista.



"Há um fosso entre nossos corpos e os corpos [considerados] ideais. Estes continuam encolhendo e ficando menores”, completou Gooldin.





Israel proíbe modelos demasiado magras

«Acreditamos que, com esta medida, haverá novas formas de proteger os mais novos e [haverá] uma nova forma de olhar o que é belo», afirmou Rachel Adato, legisladora.«Beleza não é ser magro demais. Beleza não devia ser anorexia. A anorexia é uma doença muito, muito grave e é por isso que surge esta nova lei», acrescentou.A medida legal estipula que as agências não podem contratar homens e mulheres para trabalhos de modelo sem que haja uma «luz verde» da comunidade médica.
O «carimbo de aprovação» médico deverá assegurar que o rácio de massa corporal entre altura e peso deve superar os 18,5%.
A fotógrafa de moda Adi Barkan diz que assistiu a um fenómeno em que a indústria impõe padrões impossíveis e afirma que, por isso, está de acordo com a nova lei.
«Olho para a época de há 15, 20 anos. Fotografávamos modelos de tamanho 38. Hoje em dia o tamanho é 34. Isso significa que perdemos dois tamanhos em 20 anos», afirmou Barkan.
«Porquê? Porquê? Isto é a diferença entre magreza e magreza excessiva? Isto é a diferença entre a vida e a morte. Então temos que aprovar a lei para podermos salvar a vida de muitas raparigas todos os anos».
A lei estipula também que as empresas devem referir se exibirem publicamente alguma imagem em que as modelos tenham sido «trabalhadas» em programas como o Photoshop, estando proibidas de divulgar imagens com modelos demasiado magras.
Israel junta-se assim a Itália e Índia na legislação contra modelos com falta de peso, esperando que outros países sigam o exemplo.

tEXTO DISPONIVEL NO SITE: http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=564270 ACESSO EM 22/03/2012

Miss America fala sobre anorexia: 'Eu vivia de café, Coca diet e goma'

Kirsten Haglund criou fundação para ajudar mulheres com distúrbios alimentares.


do EGO em São Paulo



1 comentárioQuando Kirsten Haglund, de 23 anos, foi coroada Miss América em 2008 era difícil acreditar que a bela, que parecia esbanjar saúde, sofria de anorexia. "Eu vivia à base de café, Coca diet e goma", contou ela, que vivia em uma dieta de 900 calorias diárias. "De vez em quando eu comia legumes, frutas ou uma colher de manteiga de amendoim", comentou. "Internamente, eu sabia que havia algo seriamente errado comigo, mas eu não sabia como parar", disse ela em entrevita a "CNN".



Kirsten também contou que desde os três anos de idade, quando começou a aprender balé, ela sofre pressão para ser magra. "Eu tinha apenas 3 anos de idade e desde então o tipo ideal do corpo feminino era muito magro", disse ela à "CNN". "Essa foi a primeira imagem que eu tinha na cabeça, de ver pessoas jogando fora seus almoços e eu pensei, 'Se eu puder pelo menos, ser magra, eu sei que posso ser bem sucedido no balé'", lembrou.



Kirsten perdeu 30 quilos em três anos até que mãe interveio. "Eu aprendi muito sobre a doença, foi um período muito bom de ensino para mim", disse ela. "De ouvir histórias de outras pessoas de recuperação, eu aprendi a compartilhar minhas próprias lutas pessoais".



Depois de ganhar a coroa em 2008, Kirsten fundou a Kirsten Haglund Foundation, uma instituição de caridade que fornece ajuda financeira para as pessoas que procuram tratamento para distúrbios alimentares.


tEXTO E IMAGEM DO SITE: http://ego.globo.com/famosos/noticia/2012/03/miss-america-fala-sobre-anorexia-eu-vivia-de-cafe-coca-diet-e-goma.html

domingo, 18 de março de 2012

O biquíni de coração (que empina o bumbum!)

Que mulher que não gosta dessas invenções de beleza e moda? Eu, como uma não privilegiada no setor "derrière", acho o máximo ver peças que valorizem e, por que não, dão um up sem usar de artifícios como bojo.






Foi a estilista nascida no Espírito Santo, Paula Hermanny, que criou essa maravilha para nós. Dona da marca de moda praia VIX, criada nos EUA em 2003, Paula inovou ao inventar o modelo de biquíni chamado de "ripple", com formato de coração. Franzido nas laterais e com efeito drapeado, por conta do elástico central que possui, ele dá um efeito "empinado" ao bumbum e evita aquela "ajeitada" de toda hora. Modelos "ripple" da último coleção da VIX.



O modelo foi pensando em uma modelagem que agradassem tanto às brasileiras, que gostam de tamanhos menores, como às americanas, que em sua maioria preferem modelagens maiores e mais discretas.



E não é que o bichinho fez sucesso entre as celebridades? Jennifer Aniston, Cameron Diaz e Daniella Sarahyba já foram vistas usando o modelo, assim como as gêmeas do nado sincronizado, Bia e Branca Feres, e Kim Kardashian.





O biquíni, segundo o blog da VIX, é o carro-chefe em vendas. A loja virtual entrega para todo o Brasil e alguns estados do Estados Unidos.



Fiquei com vontade de conferir e experimentar, e vocês?



Fotos: VIX, AGNEWS e reprodução
O texto é do site Yahoo Mulher
http://br.mulher.yahoo.com/blogs/cabide-fashion/o-biqu%C3%ADni-cora%C3%A7%C3%A3o-que-empina-o-bumbum-184919434.html

Após plásticas, Emanuelle Béart critica intervenções

A atriz francesa Emmanuelle Béart está em campanha para ampliar a consciência das mulheres sobre procedimentos cirúrgicos - após muitos dos seus terem dado errado. As informações são do jornal britânico Daily Mail.




Após muitas especulações sobre as intervenções cirúrgicas feitas pela atriz de 47 anos, ela resolveu pela primeira vez confirmar e admitir a idade em que começou a apostar nas intervenções cirúrgicas. "Eu fiz a boca quando tinha 27 anos. Foi um trabalho malfeito", disse ao jornal Le Monde. "Obviamente, se eu tivesse gostado eu não teria refeito. Se um homem ou uma mulher tiver que refazer algo porque não consegue viver com essa parte do seu corpo, isso se torna algo suportável", reforçou.



Emmanuelle se tornou famosa com apenas 23 anos, depois de protagonizar o aclamado filme Manon des Sources. Ela também contracenou com Tom Cruise no longa Missão Impossível. Ela também sempre foi lembrada como um grande ícone de beleza. Em 2003, aos 40 anos, posou nua para a revista Elle, com grande sucesso de vendas.



A atriz disse que foi "profundamente afetada" por ter feito cirurgias plásticas e não considera fazer isso novamente. Ela acrescentou: "este é um ato grave que você não consegue necessariamente prever as consequências. A simples ideia de uma injeção, hoje, me devasta. Então eu não sei como vou atravessar estes estágios (da meia idade até a velhice)", observou.



A estrela disse ainda que não critica mulheres que procuram correções estéticas porque, frequentemente, isso tem a ver com uma "falta de confiança pessoal". Ela admite que atuar em filmes aumenta a pressão para manter o visual jovem apesar da idade. E explica: "não é fácil ficar velha nesta área, quando você é uma mulher, acima de tudo".



Emmanuelle é uma das mulheres que não resistiram a mexer nos lábios, tal como Leslie Ash, Saffron Burrows, Britt Ekland, Melanie Griffiths e Meg Ryan. Seus comentários sobre os perigos da cirurgia plástica vem ao encontro de outras polêmicas neste sentido, inclusive as relacionadas ao silicone da marca francesa Poly Implant Prothese (PIP). Centenas de mulheres, incluindo muitas britânicas, enfrentaram problemas depois de descobrirem que seus implantes mamários foram feitos com silicone industrial.



A atriz, que tem duas crianças, frutos de dois relacionamentos, atualmente vive na Bélgica. Ela também é embaixadora de uma campanha a contra a exploração de crianças.

O texto é do portal Terra
http://beleza.terra.com.br/noticias/0,,OI5660344-EI7484,00-Apos+plasticas+Emanuelle+Beart+critica+intervencoes.html acesso em 18 de março

Na lista das surfistas mais sexy, brasileira se diz vaidosa e dá dicas


16 de março de 2012 • 16h02 • atualizado às 16h08

Maya Gabeira diz que sexy é ser confiante



Foto: Divulgação
Ana Carolina Moura

A surfista carioca Maya Gabeira, 24 anos, filha do ex-deputado Fernando Gabeira, vem se destacando não só na categoria de ondas grandes em campeonatos mundiais, como também pela sua beleza e boa forma física. Recentemente, foi eleita a terceira surfista mais sexy do mundo, pelo site Transworld Surf. Ela disse acreditar ter figurado na lista "por estar sempre de biquíni, viver na praia e ser uma atleta que está em forma".



Em entrevista ao Terra, a big rider de 1,66 m e 62 kg falou sobre vaidade, como mantém a boa forma e sua rotina de exercícios. E não deixou de comentar também como está feliz na vida pessoal. Ela namora o ator australiano Jesse Spencer, do seriado House. "Meu namorado é o homem perfeito. Inteligente, dedicado ao trabalho, lindo, talentoso, carinhoso e engraçado", derreteu-se.



Moda também não ficou de fora, afinal, ela é filha da estilista Yamê Reis, e já criou uma coleção para a Billabong, sua patrocinadora desde 2007.

Confira a entrevista com Maya Gabeira sobre beleza, moda e, claro, surf:



Você já foi eleita a terceira surfista mais sexy do mundo, você se considera sexy?

Acho que sexy pode ser apresentado de várias formas. Por eu estar sempre de biquíni, viver na praia e ser uma atleta que está sempre em forma isso pode ser considerado sexy. Mas, para mim, uma mulher confiante e guerreira também é super sexy e espero que seja essas as razões que me fizeram estar nessa lista.



Por surfar, você sente pressão para estar com o corpo em plena boa forma física?

Sim, mas acho que a pressão é minha mesmo. Sei que estando em boa forma conseguirei surfar melhor e obter melhores resultados dentro da água e isso é o que eu mais me preocupo. E, claro, com a saúde.



Você é vaidosa? Quais são suas preocupações com a beleza?

Sim, faço hidratação no cabelo sempre que posso, em média uma vez por semana. Me preocupo em estar sempre com filtro solar, hidratante de corpo e rosto, e também amo uma boa maquiagem.



Como é a sua rotina de exercícios?

Varia muito em torno do quanto eu estou surfando. No momento, acabei de finalizar minha temporada de ondas grandes no Havaí, então estou em casa, na Califórnia, numa fase mais tranquila. Faço pilates cinco vezes por semana, treino com meu personal duas vezes por semana, surfo sempre que tem onda (em média cinco vezes por semana ou mais) e pedalo de uma a duas vezes por semana.



você faz ioga, certo?

Recentemente troquei a ioga por pilates. Estou mega viciada em pilates. Na verdade, gosto muito dos dois, mas adoro variar depois que meu corpo se adapta com um tipo de exercício.



Como é sua alimentação diária?

Tomo um iogurte com granola e banana no café de manhã, almoço proteína (um peixe ou frango), arroz integral e salada. Como uma barrinha de cereal e uma fruta de lanche e, no jantar, pode ser uma sopa, salada ou algo mais reforçado como no almoço. Depende da minha carga de exercícios no dia. E não abro mão de um chocolate de vez em quando!



Quando sua parte preferida do corpo e qual é a que menos gosta?

Gosto das pernas, faço exercícios na academia e ando de bicicleta morro acima. Não tenho uma parte do corpo que menos gosto, mas se pudesse mudar algo, seria o bumbum. Teria mais bunda, não nasci com o dom da maioria das brasileiras.



Você já quebrou o nariz algumas vezes. Tem outra parte do corpo que teve que recorrer à cirurgia plástica?

Já quebrei o nariz umas 10 vezes, mas só operei uma. Meu pulso teve que ser operado após um acidente andando de snowboard há uns 2 anos. Não me submeteria a cirurgias plásticas no momento.



Quais são seus cuidados com pele e cabelo? Algum truque para manter os fios bonitos?

Meu truque é sempre passar água doce após o surf. Gosto de recorrer às melhores marcas de xampu e condicionador e faço hidratação profissional uma vez por semana.



Você já ajudou a criar peças da Billabong? A Maya é fashionista? Qual é seu envolvimento com a moda?

Amo moda. Minha mãe é da moda, então sou ligada a esse mundo desde sempre. Quando criança, cheguei a desfilar, mas me desliguei quando o surf entrou na minha vida. Há alguns anos comecei a me interessar de novo, sempre tento estar atualizada. Amo ver coleções incríveis e bons designers.



Como surgiu o convite para fazer a coleção com a Billabong? Curtiu fazer?

Foi uma ideia que evoluímos aos poucos. Eu amei fazer esse projeto com minha patrocinadora. Eu adoro moda e me sinto super-realizada em ter peças que eu gosto e que tem a minha cara, com meu nome.



Você namora o ator australiano Jesse Spencer. O que você procura em um homem? Diga como eles podem te conquistar.

Para mim, meu namorado é o homem perfeito (risos). Inteligente, dedicado ao trabalho, lindo, talentoso, esportista, bem-sucedido, engraçado e carinhoso.



Cite cinco passos importantes para quem quer começar a praticar surf

1) saber nadar; 2) alguém para te ensinar a surfar; 3) começar num fun board; 4) ter uma roupa de borracha para encarar o mar quando está frio; 5) muita dedicação e paciência.

O texto é do site http://beleza.terra.com.br/noticias/0,,OI5669316-EI7484,00-Na+lista+das+surfistas+mais+sexy+brasileira+se+diz+vaidosa+e+da+dicas.html
 

Britânica gasta R$ 30 mil para se tornar Barbie humana


Uma garota de Manchester, no Reino Unido, ficou tão obcecada pela Barbie que decidiu ficar igual à famosa boneca. Charlotte Horhman, de 24 anos, gastou cerca de R$ 30 mil (£ 10 mil) em cirurgias plásticas para conseguir a façanha.



“Eu disse aos médicos da clínica que adoraria ser como a Barbie. Foi muito doloroso, meu rosto ficou machucado e só após algumas semanas senti o inchaço diminuir. Mas quando tirei as bandagens, vi que valeu a pena”, contou a moça ao "The Sun".



A “Barbie humana”, como ela mesma se denomina, fez plásticas no nariz, aplicou colágeno nos lábios e tingiu os cabelos de loiro. “Isso mudou completamente a minha aparência e eu acho que ficou muito bom. Algumas pessoas acham um pouco estranho, mas estou achando ótimo”, comemora.



Charlotte vem colecionando Barbies desde que tinha três anos de idade e diz ter “uma para cada ocasião”. Ela mantém a coleção toda em casa e gastou muito dinheiro para manter este hobbie.



Apesar de ser orgulhosa da sua paixão, Charlotte admite que o fanatismo pela boneca tem afetado sua vida amorosa. “Os meninos não gostam de como eu amo a Barbie. Mas não me importo. Se o homem certo aparecer, ele vai me amar e amar minhas bonecas também”. 

Foto: Reprodução





O texto é do site: http://www.24horasnews.com.br/index.php?tipo=ler&mat=406768 acesso em 18 de março











Dicas sobre Cirurgia Plástica


Pensando sobre o que escrever nesta semana me deparei com uma pauta que recebi e resolvi escrever sobre a Cirurgia Plástica, pois hoje, muitas mulheres optam por este método cirúrgico para obter o corpo perfeito ou até corrigir pequenos erros como cicatrizes indesejadas.



Mas para realizar este procedimento, a paciente deve pesquisar um bom médico para que os resultados sejam satisfatórios, e para isso, é muito importante planejar e saber qual parte do corpo a pessoa quer mudar e, depois, procurar saber informações importantes para o sucesso da cirurgia como:



- Tipo de anestesia

- Tempo da cirurgia e se é preciso ter internação

- Verificar se é preciso de um tratamento pré-óperatório

- Como será o pós-operpatório

- A pessoa também deve guardar dinheiro para um tratamento

estético como por exemplo, a drenagem linfática

- Saiber quais os riscos da sua cirurgia e, se deixa cicatrizes grandes

- Escolha um cirurgião plástico especialista no que você quer modificar

- Veja se existe tratamento alternativo não cirúrgico para tratar a área

- Também analise os resultados que podem ser alcançados com a cirurgia no seu corpo, lembrando-se que o seu corpo pode não ficar igual ao da sua amiga



Pré-operatório

Você deve sempre pensar no seu bem estar. Por isso, na hora da escolha do médico e no momento da consulta o médico escolhido deve sempre:

- Perguntar sobre as expectativas da pessoa em relação à cirurgia plástica

- Dar conselhos de qual procedimento é o mais indicado para as necessidades da cliente

- Dar informações sobre o procedimento cirúrgico como: nível de complexidade, tipo de anestesia, internação, repouso, restrições na vida cotidiana e sobreos cuidados em longo prazo

- Deixar claro os riscos envolvidos e ser natural quando questionado sobre sua formação, qualificações profissionais, experiências e formas de pagamentos; deixar a decisão final para você

- Pedir todos os exames pré-operatórios, como o sangüíneo, o clínico, o cardiológico e até o raio X do tórax

- Por fim, tirar fotografias da região do corpo que sofrerá a cirurgia



Pós-operatório

Após a cirurgia plástica é hora de cuidar do pós-operatório e tudo deve ser seguido a risca para evitar cicatrizes, infamações, inchaços e outras reações adversas como:

- Repouso

- Siguir as instruções dos médicos para movimentos na área operada

- Medicamentos e dor: pergunte para seu medico quais remédios você pode tomar em caso de dor e tome nos horários certos

- Curativos: volte ao hospital ou clinica para troca de curativos nos dias agendados

- Alimentação leve e saudável também é muito importante e, segundo o cirurgião plástico Doutor Alderson Luiz Pacheco “para que os resultados da plástica se mantenham o paciente tem que adquirir um estilo de vida mais saudável. Sem alimentação correta o corpo pode voltar à forma física anterior a operação e o bom funcionamento do organismo depende do equilíbrio da quantidade e da qualidade do que é ingerido”

- Verificar com o médico como será o procedimento de banho. Se a recomendação for não lavar o local, não lave

- Veja se você pode fazer tratamento de drenagem linfática na área para evitar hematomas

- Use cintas sempre que for possível e indicado

- E, não se preocupe com as formas intermediarias nas diversas fases



Por hoje é só! Até o próximo post...
O TEXTO DO SITE http://www.guiacampos.com/blogdaveri/verpost.asp?idpost=379&Assunto=Dicas+sobre+Cirurgia+Pl%E1stica
DE SUA OPINIÃO. COMENTE!!!!!!!!!!!!!!!!

Hospital municipal de Porto Real oferece pequenas cirurgias plásticas

Porto Real




O Hospital Municipal São Francisco de Assis recebe, semanalmente, os pacientes com diagnóstico de orelha de abano, tumor de face ou hemangioma, para serem operados por um cirurgião plástico da rede municipal de saúde.



- Cirurgias de baixa complexidade, como extração de verrugas e cistos, já fazemos há um ano. As de alta complexidade, como retalho (enxerto), otoplastia (orelha de abano), corretiva de pálpebra, começamos em janeiro - disse o secretário municipal de Saúde, Alexandre Serfiotis.



Ainda de acordo com ele, cirurgias de redução de mama também já foram realizadas pela rede.



- O primeiro caso de gigantomastia (redução de mama) que realizamos em Porto Real a paciente saiu com menos dois quilos de mama, após a cirurgia. Foram seis horas de procedimento, para dar melhor qualidade de vida a essa mulher que sofria com o excesso de peso no peito. Para uma cidade pequena e uma unidade de saúde hospitalar recém-inaugurada, é um feito inédito - avaliou.



Até o momento, 40 pessoas já passaram pelo centro cirúrgico municipal. Os pacientes beneficiados pelo serviço foram encaminhados por especialistas para avaliação do cirurgião plástico, o médico Nilson Carreiro, após atendimento na Unidade de Saúde da Família do bairro onde moram. O cirurgião comentou que os benefícios da cirurgia plástica reparadora interferem diretamente na qualidade de vida dos pacientes.



- No caso de crianças, elas ficam sujeitas a bulling na escola, por exemplo, por conta da orelha de abano. Os idosos reclamam da vista cansada, por conta do excesso de pele na região do olho. Cadeirantes podem reparar áreas afetadas por escárias (espécie de tecido escurecido) e retomar suas atividades. Os descendentes italianos da cidade afetados pelo câncer de pele podem reconstruir áreas do rosto atingidas pelo tumor. E isso é muito comum em Porto Real - relatou o cirurgião.



A partir da avaliação do médico cirurgião, o paciente espera até 40 dias para a realização da cirurgia.



- Os moradores daqui estão tendo acesso a um serviço de ponta, raro na rede pública de saúde - ressaltou Carreiro.

Leia mais: http://diariodovale.uol.com.br/noticias/4,54306,Hospital-municipal-de-Porto-Real-oferece-pequenas-cirurgias-plasticas.html#ixzz1pTSJHxFr

quinta-feira, 1 de março de 2012

Fazer lipo logo após dar à luz pode prejudicar saúde da mulher


A ditadura da magreza e a pressão que muitas mulheres sofrem para ter um corpo perfeito já se mostraram prejudiciais à saúde feminina. Daí surgem distúrbios e vontades completamente descabidas de perder peso de maneira nada saudável. O obstetra Paulo Nowak alertou, em entrevista à "Folha de S. Paulo", que fazer lipoaspiração logo após o parto é um procedimento de alto risco para as mães e que é necessário dar tempo ao tempo na hora de perder os quilinhos a mais acumulados durante a gravidez.




"Tudo isso gera um risco aumentado para a anestesia e para a cirurgia", explica, e diz que o ideal é fazer a cirurgia só quando a mulher parar de amamentar. "A amamentação interfere na liberação hormonal, o que gera impacto na coagulação e eleva muito o risco de trombose", completa o médico.



O organismo costuma levar cerca de seis semanas para voltar ao normal depois do nascimento do bebê. Durante este tempo, a mulher ainda sofre com anemia por conta do sangramento na hora do parto e com alteração nos hormônios. Além disso, coração, fígado e rins ainda se recuperam da sobrecarga da gravidez.



"A indústria da imagem tem gerado desequilíbrio na cabeça das mulheres. Em vez de criar laços com o filho, muitas ficam com a obsessão de aparecer magras na foto. É focar no ponto errado. Nessa fase, o corpo diz para a mulher que é hora de focar na cria", diz a nutricionista Andrea Santa Rosa.
http://www.sidneyrezende.com/noticia/163752+fazer+lipo+logo+apos+dar+a+luz+pode+prejudicar+saude+da+mulher
acesso em  1 de março
 

Mulheres de topless protestam contra anorexia em desfile em Milão

Foto: AP

Um grupo de mulheres ativistas chamado "Femen" protestou de topless e corpos pintados na entrada do desfile da Versace na semana de moda de Milão. O desfile encerrou o terceiro dia de desfiles, nesta sexta-feira (24).
As mulheres seguravam cartazes com dizeres "modelo não vá ao bordel" e "anorexia" com uma caveira desenhada.



O protesto tumultuou a entrada do desfile, mas não impediu a sua realização. A grife mostrou a coleção outono-inverno 2012-2013, com a estilista Donatella Versace na passarela no final da apresentação

http://moda.terra.com.br/mundo/milao/noticias/0,,OI5632248-EI19679,00.html acesso em 1 de março
 

ONG explica campanha feminista com Cruzeiro, que vira destaque internacional

Ação é tida como a primeira de uma sequência de etapas de conscientização   João Vítor Marques /Superesportes  ,  Tiago Mattar /Superes...