Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2009

Aparência é fundamental, e daí?

Imagem
ESTE É UM TEXTO QUE EU GOSTARIA DE TER FEITO  FALA O QUE PENSO, ESTUDO E QUESTIONO. PARABENS VIVIANE FELIZ 2010.
FONTE: http://www.amalgama.blog.br/12/2009/aparencia-e-fundamental/
Aparência é fundamental, e daí?




30–12–2009 --- Envie para um amigo --- Tuitar por Viviane Moreira * –
A forma desperta olhares. O que tem forma é para ser visto. O olhar distingue bem a forma. Quem olha remodela com seu olhar a forma. Entre forma e aquele que vê: a aparência. Se a forma não pudesse ser vista… É assim que funciona desde que o homem foi dotado de visão para reconhecer o belo e o feio. Uma bela aparência na nossa sociedade abre portas em diversas esferas. É um fator que favorece socialmente o homem e a mulher. A aparência conta na entrevista de um emprego e aponta um lugar de destaque na sociedade. Entretanto, a fixação da aparência como valor trouxe mudanças nas relações sociais, afetivas e na subjetividade.

A busca desmedida pelo ideal de uma bela aparência tem sido associada a doenças como a…

O ORGULHO DE SER GORDINHA

Imagem
'Fat pride', o orgulho de ser gordinha


Por Natalia Cuminale
Dos Vigilantes do Peso ao balão intragástrico. A atriz Fabiana Karla já tentou quase todas as fórmulas e simpatias para perder peso. "No começo, até emagreci, mas os doces me amam", brinca a Dra. Lorca da atração humorística Zorra Total, da Rede Globo. A certa altura, porém, ela decidiu parar de se lamentar pelos quilos extras e assumir as dobras. Sentiu-se bela assim. "Preconceito existe desde que nascemos, mas podemos escolher se vamos aceitar isso ou não", diz Fabiana, disparando contra a tão falada ditadura da magreza. "Agora, as pessoas estão se empenhando em respeitar o espaço dos outros - e acredito que estou contribuindo para isso." Vale acrescentar: Fabiana foi convidada para assumir o papel de rainha de bateria de uma escola de samba carioca - posto tradicionalmente reservado a beldades mais enxutas.

A atriz não está só nessa mudança. Em tempos de lipoaspiração, intervenções pl…

anorexia e bulemia nevosa . O que é????

Imagem
MAIS UM POUCO SOBRE A ANOREXIA E BULEMIA DO BLOG.
FONTE: http://web-educar.blogspot.com/2009/12/anorexia-e-bulimia-nervosa.html


"O sucesso não é o final e o fracasso não é fatal: o que conta é a coragem para seguir em frente."

27/12/2009Anorexia e Bulimia Nervosa





O que é Anorexia Nervosa?
É um transtorno alimentar, ou seja, um distúrbio do ato de comer, em que as pessoas evitam ingerir alimentos pelo medo exagerado de ganhar peso, e assim chegam a níveis abaixo do mínimo que seria o normal para sua altura. Essas pessoas, na maioria mulheres, têm plena certeza de que são gordas, e a simples idéia de virem a ganhar poucos gramas na balança, as apavora e gera ansiedade e angústia. Por reação da própria natureza, às vezes são invadidas por uma fome voraz que as faz comer e induzir vômito. Mas o que sempre está presente do ponto de vista psíquico é o pensamento repetitivo de que estão obesas e precisam perder peso e a fixação em comida.

Quais outras características podem sinaliza…

Voltando a falar de mulheres: Eis o livro o de Vera Fiori que mostra o que elas querem

vale a pena publicar na integra a noticia publicada pela agencia estado
fonte:

http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/12/28/livro+mostra+o+que+elas+querem+9257425.html
28/12 - 00:03 - Agência Estado


mostra o que elas querem Por Vera Fiori São Paulo, 22 (AE) - Na comédia "O Que As Mulheres Querem" (´What Women Want´), o publicitário vivido pelo ator Mel Gibson sofre um acidente com o secador de cabelo, desmaia e, quando volta a si, consegue ouvir os pensamentos das mulheres. Assim, a partir da perspectiva feminina, aproveita o seu novo dom para criar campanhas que "falem" com e para elas.


Bingo! Das telas para a realidade, também o mercado precisa de um tratamento de choque, acordando para o fato de que as mulheres são responsáveis por mais de 70% do consumo, mas, apesar desse potencial de compra, não estão nada satisfeitas com algumas categorias de produtos e serviços.
Este é o tema do livro "Women Want More - How to Capture Your Share of the World'…

Poema de Natal Fernando Pessoa e mais frases

Imagem
Poema de Natal
Natal... Na província neva.

Nos lares aconchegados,

Um sentimento conserva

Os sentimentos passados.



Coração oposto ao mundo,

Como a família é verdade !

Meu pensamento é profundo,

Estou só e sonho saudade.
E como é branca de graça

A paisagem que não sei,

Vista de trás da vidraça

Do lar que nunca terei !

Frases de Fernando Pessoa




Frase de Fernando Pessoa: O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.

Fernando Pessoa



Frase de Fernando Pessoa:O Homem é do tamanho do seu sonho.Fernando Pessoa



Frase de Fernando Pessoa:Tuda vale a pena quando a alma não é pequena

Fernando Pessoa



Frase de Fernando Pessoa:A liberdade é a possibilidade do isolamento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo.

Fernando Pessoa



Frase de Fernando Pessoa:Tenho em mim todos os sonhos do mundo

Fernando Pessoa



Frase de Fernando Pessoa:Eu amo tudo o que foi

Tudo o que …

O Peru de Natal Mário de Andrade - um personagem da barra funda como eu!!!!!

Imagem
O nosso primeiro Natal de família, depois da morte de meu pai acontecida cinco meses antes, foi de conseqüências decisivas para a felicidade familiar. Nós sempre fôramos familiarmente felizes, nesse sentido muito abstrato da felicidade: gente honesta, sem crimes, lar sem brigas internas nem graves dificuldades econômicas. Mas, devido principalmente à natureza cinzenta de meu pai, ser desprovido de qualquer lirismo, de uma exemplaridade incapaz, acolchoado no medíocre, sempre nos faltara aquele aproveitamento da vida, aquele gosto pelas felicidades materiais, um vinho bom, uma estação de águas, aquisição de geladeira, coisas assim. Meu pai fora de um bom errado, quase dramático, o puro-sangue dos desmancha-prazeres.
Morreu meu pai, sentimos muito, etc. Quando chegamos nas proximidades do Natal, eu já estava que não podia mais pra afastar aquela memória obstruente do morto, que parecia ter sistematizado pra sempre a obrigação de uma lembrança dolorosa em cada almoço, em cada gesto míni…

RECEITA DE ANO NOVO CARLOS DRUMOND DE ANDRADE

Imagem
Receita de Ano Novo - CDA

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,

Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens? passa telegramas?)
Não precisa fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumidas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeita…

MESMO COM ESTE FINAL MELANCOLICO DE 2009 ainda acredito nas palavras do giorgetti

Imagem
Prezado professor Belluzzo:



Em primeiro lugar quero lhe dizer que é uma satisfação poder finalmente tratar alguém ligado ao futebol pelo título de professor sem que isso soe como uma piada melancólica. Em seguida, com enorme atraso, gostaria de cumprimentá-lo pela sua eleição à presidência do Palmeiras. Ela não é só boa para o clube, é importantíssima para todo o esporte brasileiro. Traz para o centro da arena das decisões e do debate as qualidades de um intelectual acostumado a tratar problemas de forma racional, clara e objetiva.


No Brasil temos profunda dificuldade em lidar com a racionalidade. Com enorme rapidez o confronto de idéias, quando existe, evolui para entreveros pessoais, ódios, rancores e atitudes francamente irracionais e impensadas. Os resultados da sua presença e da sua maneira de proceder já aparecem - por exemplo, no último Palmeiras x São Paulo, que transcorreu sem problemas, coisa quase impensável dado o que houve nas últimas partidas entre as duas equipes. O ente…

PARABENS GIORGETTI SOMOS GUERREIROS OU BRAMEIROS

Imagem
Domingo,, 13 de Dezembro de 2009


Guerreiros ou BRAMEIROS
Ugo Giorgetti





Não sei por que ando pensando muito num comercial da Brahma que andou, ou anda, pelas televisões. De fato ele não me sai da cabeça. Fiquei tão intrigado que recorri até ao site do Clube de Criação de S.Paulo, onde não só o encontrei na íntegra, como tive a surpresa de encontrar também declarações do diretor de marketing da Brahma que, por sua vez, vieram aumentar meu assombro. Queria, logo de início, pedir licença ao diretor da empresa para refutar uma de suas declarações. Diz ele: "Com a campanha não queremos impor nada a ninguém. Queremos apenas ser porta-vozes do povo brasileiro." Bem, meu porta-voz esse comercial não é, isso eu posso garantir. E, espero, também não seja de boa parte do povo brasileiro. Para quem não sabe, o comercial descreve a atitude ideal do torcedor brasileiro em relação à Copa do Mundo que se aproxima.



Consta de uma sucessão de imagens bélicas e melodramáticas, onde supostos to…

Salve. Salve alguem proíbe propaganda enganosa

Imagem
skip to main






FONTE http://photolov.blogspot.com/2009/12/gra-bretanha-proibe-veiculacao-de.html

Grã-Bretanha proíbe veiculação de anúncio de creme

Postado por I love photo on sexta-feira, 18 de dezembro de 2009 A proibição da veiculação de um anúncio de um creme anti-rugas na Grã-Bretanha esta semana promete colocar mais lenha na fogueira na polêmica das correções digitais nas revistas femininas. A propanda suspensa trazia uma foto da modelo Twiggy, de 60 anos, praticamente sem marcas de expressão, sugerindo que o creme poderia fazer milagres no tratamento das rugas e das olheiras.


A suspensão do anúncio foi determinada pela Advertising Standard Authority, que recebeu mais de 700 reclamações das consumidoras. Segundo a ASA, o anúncio é "socialmente irresponsável" porque pode aumentar a percepção negativa que as mulheres têm do envelhecimento e da própria imagem. Além disso, a propaganda é enganosa, já que promete algo que o produto não faz.
" Não concordamos com image…

15 minutos de fama e uma nova mulher. SERÁ?

Imagem
Quarta-feira, 16 de dezembro de 2009


Cirurgias de Geisy Arruda custaram R$ 32 mil

Quer fofoca maior do que sair por aí contando quanto você gastou para ficar linda & maravilhosa? No caso da Geisy Arruda, ela não ficou linda nem maravilhosa, mas saiu contando por aí quanto gastou nas 500 cirurgias plásticas que fez.
Segundo o blog Mulher 7x7 da Revista Época, o extreme makeover da ex-universitária Xeissy custou um total de R$ 32 mil!
De onde ela tirou a grana? Bom, foi um presentinho humilde de seis mulheres que frequentam o salão de beleza do cabeleireiro paulista Julinho do Carmo, aquele papagaio de pirata que faz todas as mudanças de visual da moça.
Por enquanto ainda não sabemos como ficou o resultado das plásticas, mas estamos esperando pra ver a MUSA que ela vai ficar!

 médico revelou, porém, que não foi preciso mexer nos CULOTES! Vivaaaa!!!


Foto: Arte sobre foto Agnews






















Ela mexeu nos seguintes itens: costas; braços; flanco;barriga;coxas;joelho; axila;seios (silicone)
- bumbu…

Nossos jovens e a droga e a bebida

Imagem
Quase 10% de estudantes de 13 a 15 anos já usaram drogas--IBGE


RIO DE JANEIRO (Reuters) - Quase 10 por cento dos estudantes com idade entre 13 e 15 anos, que vivem nas capitais brasileiras e Distrito Federal, admitiram que já consumiram drogas pelo menos uma vez, segundo pesquisa inédita divulgada nesta sexta-feira pelo IBGE.
A Pense -- Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar, realizada pela primeira vez este ano -- apontou que 8,7 por cento dos estudantes das escolas públicas e privadas do 9o ano do ensino fundamental usaram algum tipo de droga ilícita como maconha, cocaína, crack, cola, loló, lança perfume e ecstasy.
A pesquisa também indicou que 71,4 por cento dos alunos dessa faixa etária já experimentaram bebida alcoólica, dos quais 27,3 por cento disseram ter consumido nos 30 dias anteriores ao estudo.

A maioria consumiu em festas, mas quase 20 por cento deles disseram que compraram a bebida em uma loja, bar ou supermercado.

"A partir das pesquisas vamos aperfeiçoar as noss…

O culto ao corpo

Imagem
Prof. Ms. Ana Lúcia de Castro2


UNICAMP/FAPESP (Brasil)
Resumo

Este trabalho pretende lançar algumas pistas para a reflexão sobre a intensificação do 'culto ao corpo' nas sociedades contemporâneas, situando os momentos historicamente importantes para a constituição dessa prática no decorrer do século XX. Busca, ainda, relacionar o papel da mídia - impressa e áudio-visual - com a crescente preocupação imagética e estética experimentada pelos indivíduos nesta etapa contemporânea da modernidade.

Unitermos: Culto ao corpo; modernidade; meios de comunicação de massa.


Mais um pesquisador corporal

Imagem
WILTON GARCIA


 É pesquisador e artista visual trabalhando com cinema, fotografia, vídeo, instalação e imagem digital desenvolvendo estudos sobre arte homoerótica e corpo contemporâneo. Formado em Letras pela PUC/SP, concluiu Mestrado em Imagem e Som e Doutorado em Comunicação e Estética do Audiovisual pela ECA/USP. Autor de Introdução ao cinema intertextual de Peter Greenaway (Annablume, 2000), A forma estranha – ensaios sobre homoerotismo e cultura (Pulsar, 2000). Também organizou, com Bernadette Lyra, os livros Corpo e Cultura (Xamã – ECA/USP, 2001), Corpo & Imagem (Arte&Ciência, 2002), com Rick Santos, A escrita de adé – perspectivas teóricas dos estudos gays e lésbic@s no Brasil (Xamã – NCC/SUNY, 2002) e com Urbano Nojosa, Comunicação & Tecnologia (Nojosa edições, 2003
Seus livros




O CORPO COMO OBJETO DE ARTE PIERRE JEUDY

Imagem
HENRI-PIERRE JEUDY

HENRI-PIERRE JEUDY é sociólogo do Centre National de la Recherche Scientifique — CNRS (Laboratório de Antropologia das Instituições e das Organizações Sociais — LAIOS) e professor de estética na Escola de Arquitetura de Paris-Villemin. Autor de obras sobre o pânico, o medo, a catástrofe, as memórias coletivas e os patrimônios, publicou entre outros Le Désir de catastrophe (Aubier, 1990), Éloge de l’arbitraire (PUF, 1993), L’Ironie de la communication (La Lettre volée, 1996), Sciences sociales et démocratie (Circé, 1997) e Le Corps et ses stéréotypes (Circé, 2001). Também é autor de obra romanesca: Les Sortilèges du gisant (Klincksieck, 1990) e Conte de la mère morte (La Lettre volée, 1997), e ainda de crônicas como Aligato (La Lettre volée, 1999).
O CORPO COMO OBJETO DE ARTE

O corpo, esse imenso canteiro para artistas...

Esta obra não pretende tratar do corpo na pintura ou na escultura, mas das incidências da criação artística e da literatura sobre sua estética q…