domingo, 26 de junho de 2016

Unilever se compromete a acabar com os estereótipos femininos em seus comerciais Publicado em junho 23rd, 2016

cif-ad


Nessa 4ª feira, no Cannes Lions, a Unilever fez uma declaraçao se comprometendo a parar de estereotipar as mulheres em seus anúncios. Prometeu que vai “melhorar as representaçoes de gênero” em mais de 400 de suas marcas, incluindo Knorr, Dove, Cif e Surf, e que a mudança afetará as 3 principais áreas em que as mulheres sao tipicamente mal representadas – funçao, personalidade e aparência. Segundo notícia do The Drum, a mensagem repassada para as agências da multinacional é que os papéis que as mulheres exercem em seus anúncios devem ser ampliados para “representar aspiraçoes e realizaçoes mais amplas além das responsabilidades relacionadas ao produto”, ao mesmo tempo em que suas personalidades sejam mais “autênticas e tridimensionais”. Ou seja – se tudo der certo, chega de comerciais em que o sonho da mulher é ter a casa limpa e perfumada para agradar o marido e os filhos.
A decisao surgiu depois de vários estudos feitos ao redor do mundo ao longo dos últimos 2 anos. A análise de mais de 1000 anúncios revelou que 50% apresentavam um retrato estereotipado das mulheres. Aline Santos, vice-presidente executiva de marketing global da Unielever, afirma que “40% das mulheres dizem que nao se identificam nem um pouco com as mulheres que vêem nos comerciais”. “A publicidade pode ser uma força poderosa para liderar uma mudança cultural positiva. Nós acreditamos que é nossa responsabilidade, junto com a indústria, estar à frente dessa mudança ao retratar positivamente as pessoas como elas realmente sao hoje – anúncios progressivos nos levarao a um futuro progressivo para todos”, conclui Aline. BBH, 72andSunny, JWT, DDB, MullenLowe e Ogilvy já assumiram o compromisso de adotar essa abordagem, e a Unilever espera que mais agências parceiras façam o mesmo. Além de moral, a questao é econômica – segundo a Unilever, a publicidade ‘progressiva’ aumenta a percepçao da marca, gera mais engajamento e faz com que as pessoas falem sobre ela, o que resulta em maior impacto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ONG explica campanha feminista com Cruzeiro, que vira destaque internacional

Ação é tida como a primeira de uma sequência de etapas de conscientização   João Vítor Marques /Superesportes  ,  Tiago Mattar /Superes...