terça-feira, 8 de março de 2011

INEZITA BARROSO: UM EXEMPLO DE MULHER, GUERREIRA PELA MUSICA

Regional Livro retrata a infância de Inezita Barroso
Cirley Ribeiro

04.03.2011

Ao completar 86 anos, Inezita Barroso ganha uma publicação que retrata a infância da cantora em São Paulo e no interior do estado. Quem assina a obra é o jornalista e pesquisador de cultura popular, Assis Ângelo.
Amigo de Inezita há 30 anos, ele decidiu relatar a primeira fase na vida da cantora, apresentadora e folclorista – quando ela era apenas a menina Zitinha. A história começa no dia 4 de março de 1925, um domingo de Carnaval, dia em que nasceu essa paulistana que se apaixonou pela vida no campo. Enquanto primos e primas brincavam com os animais na fazenda, a menina Zitinha corria atrás das rodas de violeiros. Não arredava o pé e ouvia durante horas as cantigas que eles cantavam e tocavam. Toda a infância e adolescência de Inezita Barroso foi muito musical. A garota também adorava ouvir música com o pai num antigo gramofone. Detalhes que o jornalista Assis Ângelo relata no livro A menina Inezita Barroso, lançamento da Editora Cortez.

Disponível em: http://www.culturabrasil.com.br/programas/galeria/arquivo-14/livro-retrata-a-infancia-de-inezita-barroso-2 : Acesso em 8 de janeiro de 2011

INEZITA BARROSO: UM EXEMPLO DE MULHER, GUERREIRA PELA MUSICA BRASILEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ONG explica campanha feminista com Cruzeiro, que vira destaque internacional

Ação é tida como a primeira de uma sequência de etapas de conscientização   João Vítor Marques /Superesportes  ,  Tiago Mattar /Superes...