segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Magreza excessiva de modelos chega a Harvard;

Magreza excessiva de modelos chega a Harvard; universidade conclui que pouco peso está associado a pouca idade
 A editora da Vogue América, Anna Wintour, o estilista Michael Kors e a modelo Natalia Vodianova participaram nesta semana de um painel na Universidade de Harvard que discutiu os distúrbios alimentares atribuídos ao mercado de moda. A conclusão do encontro foi que o pouco peso está diretamente relacionado a pouca idade.
“A autoestima das meninas é entregue de bandeja para pessoas que não ligam a mínima para elas”, disse a top. Natalia também enfatizou o fato de que adolescentes são mais influenciáveis, o que justificaria os casos de anorexia, bulimia e afins.
Durante o evento, cogitou-se que a solução definitiva para o problema seria que as grandes capitais da moda adotassem leis parecidas como as existentes em Paris, que regulamentam condições e horários de trabalho de modelos com menos de 16 anos - mesma idade limite para participar do Fashion Rio e SPFW.
Mais: a volta de tops mais curvilíneas nas passarelas da Louis Vuitton, Prada e Marc Jacobs na temporada de inverno 2011, por exemplo, pode indicar já uma mudança no mercado. “A indústria está começando a se dirigir a mulheres reais novamente. Adultos estão na moda e esta temporada foi sobre o retorno deles em todas as cidades”, disse Kors. E completa: "a realidade é que mulheres que compram roupas de designers têm mais de 30 anos".

Tags: Anna Wintour, Michael Kors, Natalia Vodianova, distúrbios alimentares, magreza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ONG explica campanha feminista com Cruzeiro, que vira destaque internacional

Ação é tida como a primeira de uma sequência de etapas de conscientização   João Vítor Marques /Superesportes  ,  Tiago Mattar /Superes...