História de mulher que perdeu família durante ditadura é atração em Brasília

25/04/2014 15h32 - Atualizado em 25/04/2014 15h32


Peça teatral 'Aurora' estreia neste sábado (26), às 21h, no Espaço Funarte.
Personagem fala da dor pela perda do Marido e do filho durante o regime.

Do G1 DF
Comente agora
Cena da peça "Aurora", em cartaz neste sábado (26), no Espaço Funarte, em Brasília (Foto: Dayse Hansa/Divulgação)Cena da peça "Aurora", em cartaz neste sábado (26), no Espaço Funarte, em Brasília (Foto: Dayse Hansa/Divulgação)
Estreia neste sábado (26) no Espaço Funarte, em Brasília, o espetáculo teatral “Aurora”, que narra a história de uma mulher que perde o marido e o filho no período da ditadura militar no Brasil. A peça é encenada na sala Plínio Marcos, às 21h, e pode ser vista gratuitamente.
saibaA trama gira em torno da vida de uma mulher que se casou com um líder estudantil no período em que o país era governado por militares. Em 1968, o marido dela desaparece. Anos depois, o filho dela sai em busca do pai e também some.

Na montagem, a personagem espera encontrar os restos mortais dos parentes e narra os sentimentos de quem perdeu dois dos mais importantes entes para o regime da época.

A peça é encenada pela atriz Tereza Padilha, nascida no Rio de Janeiro, mas radicada em Brasília. Ela tem desenvolvido pesquisas teatrais com a temática da violência. O espetáculo encerra a programação artística do 54º aniversário de Brasília.


fontehttp://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2014/04/historia-de-mulher-que-perdeu-familia-durante-ditadura-e-atracao-em-brasilia.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"Uma nova classe de pessoas deve surgir até 2050: a dos inúteis"

A obesessão pela perfeição

Presidente da Algar Tech será mentora de iniciativa de empoderamento feminino