sábado, 25 de setembro de 2010

Homens cada vez mais vaidosos

Quase perfeitos

Disponivel em < http://www.osaogoncalo.com.br/site/cultura/2010/9/24/17363/quase+perfeitos > Acesso em 25 de setembro de 2010


Já foi o tempo em que frequentar salão de beleza era privilégio das mulheres. Hoje, a realidade é outra. Se as mulheres invadiram, definitivamente, o espaçomasculino, a recíproca é verdadeira porque os homens se despiram do preconceito e querem, cada vez mais, estar em dia com a estética. Fazer unha, pintar cabelo, depilar geral já fazem parte dos cuidados que os homens incorporaram à sua rotina de beleza.

Não é só no Brasil que os homens buscam a tão sonhada perfeição estética. Do outro lado do mundo, no Japão, onde a indústria da beleza fatura 4 milhões de dólares por ano, com mais de 174 mil salões de beleza, os homens são vistos como um público exigente, atento a detalhes e sempre em busca de novidades. A força do mercado é tão grande que uma das maiores redes de salões de beleza do país contratou, em 2006, o jogador de futebol inglês David Beckham para atrair a então nascente clientela que começava a pensar que ser bonito não é tão ruim.



Mas nem sempre é tão fácil para os meninos mostrar sua preocupação com a estética. Carla Castilho, hairstylist do Instituto de Beleza Ilha Mar, em Alcântara, São Gonçalo, conta que às vezes precisa dar uma “ajudinha” ao cliente. “A maioria dos homens chega de forma ainda tímida. Mas com um bom bate-papo alguns deixam transparecer que gostariam de ficar com o visual do Reynaldo Gianecchini”, brinca, acrescentando que no instituto, 30% da clientela é de homens.

As intervenções cirúrgicas também caíram no gosto dos nossos machões. Para se ter uma ideia, em 2009, das 645,4 mil cirurgias plásticas realizadas no país, 119,2 mil foram em homens, segundo uma pesquisa realizada pelo Ibope Mídia. De acordo com o levantamento, o procedimento mais realizado em homens, no período de 2009, foi a cirurgia das pálpebras com 19 mil cirurgias, seguida do nariz, com quase 16 mil, e lipoaspiração, com pouco mais de 15 mil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ONG explica campanha feminista com Cruzeiro, que vira destaque internacional

Ação é tida como a primeira de uma sequência de etapas de conscientização   João Vítor Marques /Superesportes  ,  Tiago Mattar /Superes...