Estação das Letras e Cores: Uma editora que entdende de corpo, moda e mulher

O estudo social da moda no Brasil, tendo como foco de análise o século XIX, são raros. Este trabalho objetiva a maior compreensão do início do consumo de artigos de moda neste período e as relações deste sistema com as particularidades da sociedade brasileira. Partiu-se para a análise dos textos de Joaquim Manuel de Macedo, autor que primeiro representou o movimento literário romântico brasileiro e nome de grande sucesso junto ao público leitor. Duas de suas obras foram escolhidas como títulos estruturais para o estudo das modas e dos modos na Corte fluminense sob o reinado de D.Pedro II: A Moreninha e o Moço Loiro. Através destes romances iniciou-se a identificação e análise das informações relacionadas ao vestuário e à moda, regras, hábitos e valores culturais que nortearam seu consumo, embora vários outros textos do autor tenham sido também utilizados. Para complementar e aprofundar os detalhes dos cenários que as narrativas de Macedo oferecem foram consultados periódicos da época e as obras de outros destacados autores contemporâneos como José de Alencar e Machado de Assis.


Preço: R$ 45,00

ISBN: 978-85-60166-28-2

Ano de publicação: 2010Número de páginas: 228

Lombada quadrada

Capa: 4X1 Cores Papel Cartão 250 g/m²

Miolo: 1X1 Cores off set 90 g/m²
Tiragem: 1000 Peso: 1,025 kg Medidas do livro: 16 X 23 cm







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"Uma nova classe de pessoas deve surgir até 2050: a dos inúteis"

A obesessão pela perfeição

Presidente da Algar Tech será mentora de iniciativa de empoderamento feminino