Aumenta a obesidade infantil no Brasil

O paradoxo da sociedade contemporânea: Anorexia X Obesidade


Estudo verificou que crianças podem sofrer sérios danos à saúde devido ao excesso de peso. Quando estão acima do peso ideal e apresentam gordura abdominal, o risco de futuramente terem problemas cardiovasculares é aumentado. Além disso, podem apresentar enfraquecimento ósseo, o que acarreta em maior chance de fraturas. A pesquisa foi publicada no Journal of Bone and Mineral Research.



As avaliações aconteceram com 140 crianças com idade de 7 a11 anos, as quais não tinham o hábito de freqüentemente praticar exercícios físicos. Os resultados apontaram que 30% destas eram propensas a ter diabetes, pois tinham algum problema com a regulação de açúcar no sangue. Já 5% apresentavam menos massa óssea, mas isso, segundo especialistas, devido ao acúmulo de gordura na região do abdômen. Fato comum em crianças com pré-diabetes.



Os médicos afirmam que é durante a infância o melhor período para se aumentar a força dos ossos, o que reduz a osteoporose. Exercícios regulares para os pequenos é a melhor dica.

Por Oscar Ariel
Acesso em 28 de agosto de 2010

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"Uma nova classe de pessoas deve surgir até 2050: a dos inúteis"

A obesessão pela perfeição

Presidente da Algar Tech será mentora de iniciativa de empoderamento feminino