domingo, 24 de abril de 2011

Noivas encaram cirurgias plásticas para subir ao altar de bem com o corpo

andressa.oestreich@pioneiro.com
Que mulher nunca quis eliminar aquelas gordurinhas localizadas que tanto incomodam, turbinar os seios ou corrigir alguma imperfeição no corpo? Atualmente é difícil encontrar alguém totalmente satisfeito com as suas formas.
Uma pesquisa recente revelou que apenas 8% das mulheres está em paz com o corpo, enquanto o restante acredita que outras pessoas reparam em seus defeitos físicos. E para mudar essa situação, grande parcela delas está recorrendo aos centros de estética.
A preocupação em relação à beleza aumenta quando a mulher está prestes a subir ao altar. Para chegar ao dia do casamento de bem com o corpo, muitas noivas estão encarando o bisturi sem medo. Mas é preciso tomar algumas precauções antes de se submeter a um procedimento cirúrgico.
O cirurgião plástico Alderson Luiz Pacheco, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, alerta que a cirurgia deve ser planejada e feita com antecedência.
— Dependendo do tipo de cirurgia a recuperação é lenta e os resultados finais podem levar até um ano para aparecerem — ressalta.
De acordo com o médico, fazer uma consulta com um profissional especializado para receber a orientação adequada quanto aos procedimentos necessários e os fatores que podem influenciar o pós-operatório é fundamental.

Métodos preferidos
No ranking de cirurgias plásticas escolhidas pelas noivas antes do dia do casamento estão lipoescultura, implante de silicone nos seios e otoplastia, o famoso procedimento que corrige as 'orelhas de abano'.
Segundo o cirurgião Alderson Luiz Pacheco, a lipoescultura é indicada para quem deseja retirar as gorduras do abdômen, coxas, culotes e quadris e injetar em outras partes do corpo. O pós-operatório é de cerca de dois meses e os resultados aparecem a partir do sexto mês após a cirurgia.
Já nos implantes de silicone, deve-se ficar atento aos inchaços do pós-operatório que desaparecem, normalmente, em dois meses. Os resultados podem ser vistos pelo menos seis meses depois do procedimento, mas, conforme explica o médico, as noivas devem ter em mente que após a gravidez o formato dos seis implantados pode mudar, alterando o resultado da cirurgia.
A otoplastia é a cirurgia mais simples. Leva, em média, duas horas e a cicatriz é praticamente invisível. Os resultados também aparecem mais rápido: cerca de 12 semanas depois do procedimento cirúrgico.

http://www.clicrbs.com.br/especial/rs/almanaque/19,812,3280145,Noivas-encaram-cirurgias-plasticas-para-subir-ao-altar-de-bem-com-o-corpo.html acesso em 24 de abril

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ONG explica campanha feminista com Cruzeiro, que vira destaque internacional

Ação é tida como a primeira de uma sequência de etapas de conscientização   João Vítor Marques /Superesportes  ,  Tiago Mattar /Superes...