sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Eleições Ceará elege maior bancada feminina da história da Assembleia

Nova composição da bancada feminina eleita é a maior de toda história de mais de 150 anos da Assembleia


Lauriberto Braga, iG Ceará
08/10/2010 11:57

A nova composição da Assembleia Cearense para os mandatos de 2011 a 2014 terá uma bancada recorde de mulheres deputadas. Em três de outubro, os cearenses elegeram seis deputadas, o que corresponde a 15% do total de vagas no parlamento estadual do Estado. A bancada feminina eleita é a maior de toda história de mais de 150 anos da Assembleia.
Das seis mulheres eleitas, quatro são novatas na Assembleia e, da bancada atual de quatro mulheres, apenas Raquel Marques (PT) foi reeleita. Behtrose Fontenele (PRP), Eliane Novais (PSB), Fernanda Oliveira (PR) e Miriam Sobreira (PSB) cumprem, pela primeira vez, o mandato. A outra veterana em política é a senadora Patrícia Saboya (PDT), que termina seu mandato no Senado e volta para a Assembleia. Antes de ser senadora, Patricia foi deputada estadual de 1999-2002.
Eleita com 45.506 votos (30ª votação), Bentrose é mulher do atual prefeito de São Gonçalo do Amarante, Walter Júnior (PRP). Miriam Sobreia é mulher do ex-prefeito de Iguatu, Marcelo Sobreira (PSB) e conseguiu uma vaga na Assembleia com 45.739 votos (29ª votação). Fernanda Oliveira é filha do prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa (PR) e entra no parlamento cearense com 50.497 votos (22ª votação). Eliane Novais é vereadora por Fortaleza e troca a Câmara pela Assembleia com 42.301 votos (31ª votação).
A bandeira principal de Patrícia Saboya na Assembleia é tentar viabilizar sua candidatura à presidência da Casa. Ela tem como plataforma a defesa de direitos das mulheres. Patrícia teve a melhor votação entre as mulheres e a 11ª no geral com 63.704 votos. Já para seu novo mandato de deputada estadual, a petista Raquel Marques revela interesse em defender as causas sociais. Ela foi reeleita com 48.416 votos (25ª votação).

http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoes/ceara+elege+maior+bancada+feminina+da+historia+da+assembleia/n1237795217921.html
NÃO SOU FEMINISTA. MAS ALGUMA COISA ESTÁ MUDANDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ONG explica campanha feminista com Cruzeiro, que vira destaque internacional

Ação é tida como a primeira de uma sequência de etapas de conscientização   João Vítor Marques /Superesportes  ,  Tiago Mattar /Superes...