quinta-feira, 16 de setembro de 2010

GLUTEOPLASTIAS


A GLUTEOPLASTIA virou um business. Um big business. Um big e arrebitado business. O IBOPE foi conferir e constatou que valorizar o traseiro mediante implantação cirúrgica de próteses de silicone trouxe a alegria de volta para muitas mulheres. E, poucos homens, por enquanto.
Das pouco mais de 4 mil cirurgias de 2008 o número saltou para 8091 em 2009 e provavelmente voltará a dobrar em 2010. Na média, as próteses mais comuns são as de 300 mililitros de silicone, o que equivale ao conteúdo de uma latinha de COKE. Em termos de comportamento, uma diferença substancial entre as “peitudas” e as “bundudas”. As primeiras capricham no decote e exibem, gloriosas, as conquistas decorrentes da plástica. Já as segundas, conservam a prótese em segredo absoluto, dando a entender, para os que percebem, tratar-se de ganhos da academia.
Em matéria de VEJA o cirurgião RAUL GONZÁLES reitera a “confidencialidade” das gluteoplastias: “É o grande segredo das clínicas de plástica. Algumas mulheres escondem até do marido e aproveitam para fazer quando eles estão viajando”.
Dentre as que mais cedo aderiram à nova moda, ANA MARIA BRAGA. Acrescentou volume ao seu derrière em 2005 – 220 milímetros de silicone. Como jamais esconde o que faz, ANA MARIA acabou se transformando numa espécie de TIPPING POINT desencadeador do mais novo desejo das mulheres. E de poucos homens, por enquanto.
Uma gluteoplastia custa entre R$ 10 a 20 mil, o procedimento leva pouco mais de uma hora e a alta é no mesmo dia. Dói por uns bons dias, e a paciente precisará dormir de lado ou de bruços. Depois é suficiente colocar uma saia ou calça justa, e sair para os olhares de admiração das demais mulheres, e da galera.
Disponível em <
O bumbum é uma das áreas anatômicas mais valorizadas. Quando bem modelado, confere graça e harmonia ao corpo, valorizando a beleza feminina.
Os implantes de silicone utilizados na gluteoplastia de aumento são constantemente aprimorados para oferecer mais conforto e segurança. São preenchidos por polímeros (?)são amplamente utilizados na medicina - a maioria dos objectos que utilizamos no dia-a-dia são constituídos de polímeros ou por gel de silicone coeso (?)semelhante a uma gelatina firme - mesmo que o invólucro se rompa, dificilmente o conteúdo se espalha no organismo. Os implantes de silicone da gluteoplastia de aumento são conceptualmente diferentes dos populares implantes mamários e faciais.

Geralmente a gluteoplastia de aumento dura 90 minutos sob anestesia peridural com sedação. O cirurgião plástico faz uma incisão de cinco centímetros no final da coluna entre os glúteos e o implante é inserido abaixo do músculo glúteo. Em casos específicos o cirurgião plástico pode lipoaspirar as gorduras acima e abaixo das nádegas para aperfeiçoar o resultado estético. Da mesma forma, pode-se lipoaspirar gordura da cintura e implantá-la ao redor dos glúteos (50% da gordura implantada será absorvida pelo organismo em seis meses).
A incisão da gluteoplastia de aumento é fechada com pontos absorvíveis pelo organismo e a cicatriz resultante fica em local bem escondido, curando-se facilmente.

Após a gluteoplastia de aumento a paciente pode deixar a clínica ou hospital em 24 horas - deverá dormir de bruços e não sentar sobre os implantes durante duas semanas. Pode-se retornar ao trabalho após uma semana e aos exercícios físicos após seis semanas.
Por ser uma cirurgia plástica simples que resulta em pequena cicatriz e utiliza implantes de silicone de qualidade cada vez mais seguros, a gluteoplastia de aumento tem se tornado cada vez mais popular entre as cirurgias plásticas estéticas.
Geralmente o resultado da gluteoplastia de aumento é satisfatório, mas como cada organismo reage de maneira diferente, algumas pacientes apresentam desconforto ao sentar e podem sentir os implantes de silicone.
Disponível em: http://bellle.com/pro-gluteoplastia-intro.html > Acesso em 16 de setembro de 2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ONG explica campanha feminista com Cruzeiro, que vira destaque internacional

Ação é tida como a primeira de uma sequência de etapas de conscientização   João Vítor Marques /Superesportes  ,  Tiago Mattar /Superes...