segunda-feira, 31 de maio de 2010

Descubra o que o seu namorado pensa sobre cirurgia plástica

fonte: http://www.buscapb.com.br/?p=5488#


domingo 30 maio 2010 às 12:55 pm.



A plástica deve ser feita para satisfazer a nossa vontade. Mas, vamos combinar que é impossível não pensar o que o namorado vai achar sobre essa decisão. E nessa hora, pintam zilhões de perguntas: será que ele vai gostar? Será que conto a ele que operei? Para saber o que os rapazes realmente pensam sobre cirurgia plástica, selecionamos 50 homens para responder aquelas perguntinhas que você sempre quis saber.

A mulher precisa revelar para o parceiro que já fez plástica?

“Acho que sim. Mas, é claro que não deve ser algo do tipo ‘prazer, me chamo fulana e fiz plástica em tais regiões do corpo’”, brincou o engenheiro Carlos Eduardo Gesteira, 29 anos. Essa foi a mesma opinião emitida por 50% dos entrevistados, que afirmaram que com o passar do tempo – e com o aumento da intimidade – a mulher deve sim contar ao parceiro quais cirurgias plásticas fez. Já a outra metade achou que não é preciso saber porque o que vale mesmo é a aparência atual, não importando o que a mulher fez para chegar até ela.
Deixaria de sair com uma mulher porque ela já fez plástica?

Resposta unânime: claro que não! Pode ficar tranqüila e continuar paquerando seu gatinho. Se ele não quiser sair com você, acredite, a culpada não é da sua plástica.
Pagaria uma plástica para a parceira?

A maioria (65%) respondeu sim. Afinal, fazer a cirurgia ajudaria a elevar a auto-estima da namorada – que também ficará mais bonita para ele. Os 25% disseram não, já que se a mulher quer operar, ela que gaste o dinheiro dela com isso. E os outros 10% tiveram a mesma opinião que o estudante Itacir Soares de Campos Junior que disse que só pagaria caso a parceira realmente precisasse ou quisesse muito fazer a plástica.

Você teria curiosidade de ver como a mulher era antes da plástica?

Descobrimos que 62% dos homens querem sim saber como era sua parceira antes da cirurgia plástica. Por quê? Simples, o bichinho da curiosidade atenta os moçoilos da mesma maneira que a gente.

Se a plástica dela não deu certo, você falaria que gostava mais de antes?

73 % disseram preferir não falar a verdade, já que a mulher deve ter criado muitas expectativas em relação ao resultado final. “É a própria mulher quem precisa olhar bem no espelho e analisar se gostou ou não do resultado”, disse o vendedor Rogério Costa Silva, 28 anos. Já os outros 27 % comentaram que falariam e assumiriam as conseqüências de deixar as coisas sempre em pratos limpos.

Você daria suporte durante o pós-operatório da parceira?

Apesar de 90% acharem que só devem fazer uma cirurgia plástica reparadora e não estética, 100% dos rapazes afirmaram que sim, eles dariam todo o suporte que a namorada precisasse nessa hora, independentemente se a plástica tivesse sido feita por vaidade ou por necessidade.

Vale a pena aumentar o bumbum com silicone ou fica artificial?

90% dos homens que participaram da pesquisa disseram não podem opinar porque nunca viram um bumbum siliconado. Mas, em uma coisa todos concordaram: precisa tomar muito cuidado para o dérriére não ficar desproporcional ao resto do corpo. Então, atente-se para não errar a mão porque essa é a preferência masculina e eles reparam mesmo.

Dá para saber se a mulher tem silicone nos seios?

De acordo com 70% dos entrevistados, dá sim. Mas será que dá mesmo? “Quando vemos uma mulher com um peito muito grande ou uma mulher de mais idade com eles ainda em bom estado, é de se suspeitar”, explica o supervisor de marketing André Amanio Fogaça, de 29 anos.



O que acha das mulheres que fazem plástica só para agradar ao parceiro?

80% dos rapazes entrevistados acharam que esse não deve ser o motivo para se submeter a uma cirurgia. Afinal, o que fazer se ela for largada pelo parceiro no dia seguinte ou anos depois? Agora, os outros 20% se mostraram um pouco machista e disseram que gostariam de ter uma mulher que se preocupasse em estar bonita para ele.

Você falaria para a parceira que ela precisa de plástica?

Alguns entrevistados disseram que não teriam o menor problema em falar se a plástica fosse realmente necessária. Mas 65% concordaram com o publicitário Marco Mello, 26 anos. “Nunca. Isso é a mesma coisa que assinar seu próprio atestado de óbito. Não falaria para minha parceira nem que ela precisaria cortar a unha, que dirá fazer uma cirurgia.”



Agüentaria numa boa o jejum sexual de 30 dias no período de recuperação da parceira?

Surpreendentemente, 100% deles responderam que sim. “Mas é preciso lembrar que sexo não significa só penetração. Há outras formas de satisfação sexual”, lembra o auxiliar de enfermagem Hamilton Brito Leal da Silva, 39 anos. Viu como eles também sabem ser sensíveis e compreensivos? Só não deixe de dar atenção ao rapaz, é claro.



O que acha das mulheres que gastam dinheiro com plástica?

Apesar de 67% dos entrevistados acharem que há maneiras mais importantes para se gastar o dinheiro, eles respeitam a decisão e disseram que cada um faz o que quer com o seu próprio din-din. O empresário Ricardo Braghetta, 24 anos, revelou que “os outros não devem achar nada, é a mulher que tem de se sentir bem consigo e saber como deve gastar o que ganha.” Já o auditor Álvaro Gomes Lourenço Júnior, 30 anos, disse que “todo mundo tem o direito de querer ficar e estar mais bonito. O problema é que a sociedade atual cobra isso e as pessoas podem ficar escravas dos padrões, canalizando todos os esforços e dinheiro nessa direção. E a vida é muito mais do que isso.”

O que você acha das mulheres que sofrem por não poderem fazer uma plástica?

85% acharam bobagem sofrer por esse motivo. “É preciso ter uma boa auto-estima para superar esse sofrimento e focar nas suas qualidades e virtudes. Se a mulher acha que somente com uma plástica poderá ficar bonita, ela pode cometer um erro de julgamento e distorcer a realidade”, falou o coordenador de marketing Rogério Rodrigues, 39 anos. Já o jornalista Fernando Badô, 31 anos, aconselha as que não podem fazer plástica e estão infelizes a buscar outros meios de melhorar o corpo, como uma boa alimentação, exercícios físicos ou até algum truque para disfarçar as imperfeições. E aí, vale investir em makes e peças de roupas que valorizam seus pontos fortes.
E você, faria uma plástica?

Apesar de vermos cada vez mais a ala masculina procurando cirurgiões plásticos para fazer correções no visual, apenas 6% dos homens entrevistados abriram o jogo e disseram que fariam uma plástica por necessidade e não por vaidade. E desses, somente o DJ Nande Fernandes, 26 anos, declarou já ter recorrido ao bisturi – ele fez uma rinoplastia (plástica no nariz). Os 94% restantes, declararam que nunca fariam ou por não terem vontade ou por terem medo.

Revista Plástica & Beleza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ONG explica campanha feminista com Cruzeiro, que vira destaque internacional

Ação é tida como a primeira de uma sequência de etapas de conscientização   João Vítor Marques /Superesportes  ,  Tiago Mattar /Superes...